29 Ao chegar à terra prometida, a Palestina, o povo Hebreu depara-se com uma infinidade de povos guerreiros que lá habitavam. Precisou, portanto, lutar para conquistá-la. Após todos esses acontecimentos, surge um período de paz:

Conquista da Palestina

Guerra na Palestina

Essa passagem leva o leitor a se questionar porque Deus expulsaria os povos que já habitavam em Canaã para substituí-los pelos hebreus.

A Bíblia nos revela que Deus não estava nem um pouco satisfeito com os habitantes de Canaã. Ela esclarece que eles eram povos pagãos que tinham diversas divindades, muitas delas cruéis que exigiam sacrifícios humanos e que foi exatamente por causas destas e de outras práticas que Deus os expulsou da palestina, colocando em seus lugares o povo hebreu.

A conquista da Palestina foi um ato de fé

Analisando o que aconteceu com as populações das cidades de Sodoma e Gomorra e o que ocorreu com os habitantes de Canaã, é possível notar semelhanças nos seus modos de vida, apesar do meio utilizado por Deus para eliminar a maldade nelas existentes ter sido bastante diferente.

Em Sodoma e Gomorra superabundava a depravação sexual e outras práticas imorais. Em Canaã, a maldade materializava-se através de atos como a adivinhação, à astrologia, os agouros, o feiticismo, à magia, o Espiritismo, à adivinhação, â invocação dos mortos, entre outros cultos pagãos. Tanto as ações dos povos das cidades de Sodoma e Gomorra como as das cidades de Canaã eram consideradas por Deus como práticas abomináveis. As penas por seus delitos foram diferentes, mas tiveram o mesmo efeito. Sodoma e Gomorra foram alvos de “uma chuva de enxofre e de fogo, vinda do Senhor, do céu, que destruiu essas cidades e toda a planície, assim como todos os habitantes das cidades e a vegetação do solo” (Gen 19, 24-25), enquanto os habitantes de Canaã foram dizimados pelos Hebreus através de lutas em batalhas (Deut 18, 9-14).

Diferentemente de Sodoma e Gomorra que foram destruídas por fogo vindo do céu, no caso das cidades de Canaã, a metodologia de Deus foi dar condições espirituais aos hebreus para combaterem os habitantes dessas cidades, homens mais fortes e mais bem preparados. Era desejo do Senhor formar o povo hebreu através das lutas e do contato com aqueles povos pagãos. Assim, os hebreus foram se desenvolvendo durante os anos sabendo que deviam afastar-se das práticas que eram exercidas nas cidades de Sodoma e Gomorra e dos costumes dos povos que habitavam em Canaã.

 

Leia Deut 18, 9-14

A Bíblia Católica passo a passo

LEIA NA BÍBLIA AS PASSAGENS RELACIONADAS AO TEXTO ACIMA

Passagens retiradas da “Bíblia Sagrada Ave-Maria”
 

Passagens para serem lidas posteriormente

AUMENTE SEUS CONHECIMENTOS

Tire suas dúvidas consultando as exposições abaixo:


CURTOS ÁUDIOS sobre os assuntos do post

Razão do trabalho

A razão que me levou a escrever a “Bíblia Católica Comentada” remota ao ano de 1993. Foi devido à insistência de um amigo em afirmar que na Bíblia vinham relatos de “Extraterrestres”. Leia mais

Como ler as citações

As citações de textos bíblicos são apresentadas da seguinte maneira: nome do livro, seguido do capítulo e do versículo em questão. É importante saber os diversos sinais de pontuação. Leia mais

Como ler a Bíblia

A Bíblia é uma história, a história do povo Judeu. Como tal, ela tem começo, meio e fim. Ela inicia com a Criação do Mundo e termina com a formação da Igreja por Jesus Cristo. Leia mais

lendo as citações da Bíblia

A Bíblia, de uma forma muito simples, é um livro que conta a história do povo Judeu. Dentro dele, Deus se revela, apresenta o pecado do Homem e a forma que escolheu para salvá-lo. Leia mais